Laser Fracionado

laser-fracionado

O Laser Fracionado é um procedimento que tem como objetivo tratar diversos problemas da pele, como cicatrizes, estrias ou manchas. Possui recuperação bastante rápida, não sendo necessário ocorrer o de afastamento do trabalho.

Como funciona o Laser Fracionado

O feixe de laser atua diretamente na água presente na pele. Dessa forma, as células que estão no local da aplicação absorvem toda a água, já que há um aquecimento rápido na região.

Após a vaporização dessas células, devido ao calor, surge um espaço de regeneração na pele que irá se retrair, reorganizando o tecido ao redor.

A profundidade alcançada pelo raio do feixe de luz pode ser regulada pelo especialista que esteja realizando o procedimento. Dessa forma a pele é atingida em regiões muito pequenas, o que facilita bastante na recuperação.

A quantidade de sessões necessárias para o tratamento completo vai depender de seu objetivo. Tire essa dúvida com seu dermatologista antes de iniciar o tratamento.

Quando o tratamento é indicado

O Laser Fracionado é indicado em situações cujo objetivo é a remodelagem das camadas de pele por meio do estímulo da produção de colágeno. Dessa forma, os principais tratamentos realizados são para rejuvenescer a pele e tratar:

  • Cicatriz de acne;
  • Estria;
  • Flacidez da pele;
  • Manchas senis e solares na pele;
  • Olheira;
  • Poros abertos ou dilatados;
  • Rugas da face;

Cuidados a se tomar após o procedimento

Como o tratamento propõe uma remodelagem da pele, é necessário que ter alguns cuidados após realizá-lo:

  • Evitar tomar sol ao menos 2 semanas após o tratamento, principalmente para evitar o aparecimento de manchas;
  • Manter sua pele muito bem hidratada, seguindo as recomendações de seu dermatologista;
  • Usar compressa gelada ou de camomila para alívio do ardor, algumas horas depois de realizar o procedimento;
  • Usar filtro solar com alto fator de proteção UVA e UVB nas regiões tratadas.

Contraindicações do uso do Laser Fracionado

Esse tratamento não possui muitas contraindicações, a não ser aquelas que são comuns à maioria dos tipos de procedimentos estéticos:

  • Gravidez;
  • Herpes ativa;
  • Lesão pigmentar suspeita;
  • Sensibilidade à luz;
  • Portadores de Pênfigo ou Lúpus;
  • Paciente que esteja usando isotretinoína;
  • Paciente em tratamento imunossupressor (quimio ou radioterapia, por exemplo).

Quer saber mais alguma informação?