Mamoplastia

derma

A mamoplastia é uma cirurgia plástica que modifica a forma e o tamanho das mamas. Este procedimento pode aumentar ou diminuir o tamanho além de modificar a forma e consistência dos seios e mesmo das aréolas e mamilos.

Tipos de mamoplastia

Existem diferentes tipos de mamoplastia e cada um necessita de recursos e técnicas específicos:

Mamoplastia de aumento

Quem procura essa cirurgia são mulheres que tem seios pequenos e recorrem ao implante de silicone para aumentá-los ou que apresentam uma flacidez discreta das mamas e recorrem ao implante para ter mais firmeza além de volume. A alteração do formato dos seios após a amamentação, emagrecimento, envelhecimento também são motivos pela busca do aumento dos seios com próteses de silicone.

Mamoplastia redutora

Consiste na remoção de excesso de gordura, tecido glandular e pele para reduzir o tamanho e melhorar a forma  da mama. Esta cirurgia é feita em mulheres que possuem mamas muito volumosas, sendo muito comum nesses casos, as  assimetrias (uma mama maior que a outra). A motivação geralmente envolve, além do incômodo estético ,complicações físicas como dores nas costas pelo excesso de peso

Mastopexia

A mastopexia, também chamada de lifting das mamas, tem o objetivo de retirar o excesso de pele das mamas com flacidez, melhorando a forma e o posicionamento das mesmas, e  mesmo dando mais firmeza pelo uso de implantes de silicone. As próteses de silicone podem ser colocadas, não sendo uma regra para todo caso. As cicatrizes dependerão da quantidade de tecido a ser retirado, podendo ir de uma cicatriz ao redor das aréolas até uma cicatriz em “T” invertido.

Mamoplastia reconstrutora

Este tipo de mamoplastia é recomendado para quem tem câncer de mama e precisa tirar parte ou toda a mama (mastectomia). Ela é reconstruída pelo cirurgião e, em muitos casos, é preciso remover tecido de outra parte no corpo para isso. Esta cirurgia pode ser feita logo após a retirada da mama ou um tempo .

Procedimento

Para fazer o procedimento, as mamas da paciente devem estar plenamente desenvolvidas, o que acontece ,em média, 3 anos após a primeira menstruação.

No pré-operatório, a paciente fará diversos exame, incluindo mamografia e ecografia mamária para  avaliar se há alguma condição que impeça ou complique a mamoplastia. É fundamental que o consumo de cigarros seja suspenso 30  dias antes do procedimento.

O procedimento será feito sob anestesia peridural associada a sedação venosa ou geral .

A cirurgia dura em média quatro horas, dependendo do tipo de mama e técnicas que serão utilizadas. O sutiã cirúrgico deve ser usado para ajudar nos resultados.

Recuperação

Depois da cirurgia, o médico prescreverá medicamentos para prevenir dores e infecções. A paciente deve ter cuidado com os curativos, utilizar sutiã pós cirúrgico até para dormir, não fazer esforços físicos, não levantar os braços acima dos ombros, não dormir de bruço e evitar tomar sol.

Com o tempo, a cicatriz amenizará tendendo a ficar inaparente. Ela pode ser facilmente coberta por sutiãs e biquínis. O resultado definitivo das mamas aparece depois de 6 a 12 meses.

Quer saber mais alguma informação?