Otoplastia

derma

Otoplastia é o termo utilizado para designar os diversos tipos de cirurgia plástica na orelha.

Está associada, principalmente, à correção das famosas orelhas de abano, caracterizado pela proeminência exagerada do órgão. Um problema que causa enorme desconforto estético aos pacientes.

A cirurgia otoplastia também pode resolver: ausência congênita das orelhas, sequelas de traumas e orelhas constritas.

É recomendável  que a otoplastia seja realizada  após os 6 anos de idade, quando o crescimento da orelha está perto dos 100%.

Como é feita a cirurgia de otoplastia?

Para minimizar o desconforto do paciente, a cirurgia plástica na orelha é realizada sob efeito de anestesia local geralmente associada a sedação venosa.

Após um corte atrás da orelha, na dobra natural da pele, ocorre a retirada de excesso de pele e cartilagem da concha  e logo depois é feito o remodelamento da cartilagem da hélice para melhorar a forma da orelha.

Para terminar, são dados pontos de fixação para manter a nova anatomia da orelha e, enfim, o corte é fechado.

Todo esse procedimento tem duração média de uma hora.

Como é o pós operatório?

O período após a realização da cirurgia na orelha costuma ser bem tranquilo. Mas é comum ocorrer um inchaço local, que vai diminuindo progressivamente, a partir do quinto dia de recuperação.

Dores e desconfortos também são comuns nos primeiros dias, mas podem ser facilmente controlada com medicamentos receitados pelo médico.

Durante os primeiros dias é necessário manter um curativo seco com gaze esterilizada na região da cirurgia de otoplastia.

Outros cuidados também são recomendados:

  • Não dormir de bruços ou de lado;
  • Lavar a orelha delicadamente com sabonete prescrito e colocar uma gaze limpa e seca;
  • Ter cuidado ao lavar o rosto e o couro cabeludo;
  • Evitar esportes com potencial de traumatizar o local por um período de três meses.

Quer saber mais alguma informação?